Trânsito

15/02/2019

Acidente entre dois veículos em Bom Jesus

Na tarde desta sexta-feira (15), ocorreu um acidente entre dois veículos no trevo de acesso a Bom Jesus. Ambos os veículos ficaram totalmente destruídos, porém os danos foram apenas materiais. 

Ainda no local foi constatado que o condutor de um dos veículos  estava embriagado, onde foi dado voz de prisão, e o mesmo apresentado na delegacia de polícia e lavrado o flagrante por embriaguez ao volante.

Crédito/Foto: Brigada Militar

Policial

15/02/2019

Idosa é presa por aliciar sexualmente neta adolescente em Canoas

Avó obrigava a neta, hoje com 15 anos, a manter relações sexuais constantes com um homem de 60 anos, preso em dezembro do ano passado.

Menina era estuprada na cama de casal que foi comprada pelo próprio abusador, disse polícia. — Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil prendeu, na manhã da última quarta-feira (13), uma idosa de 71 anos suspeita de aliciar sexualmente a neta, que hoje tem 15 anos. Os abusos aconteceram por quase dois anos. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Pablo Queiroz, a mulher obrigava a neta a manter relações sexuais constantes com um homem de 60 anos, preso em dezembro do ano passado.

"Um fato importante é de que a menina era estuprada na cama de casal que foi comprada pelo próprio abusador e a avó dormia no quarto ao lado. Em troca, o homem fazia compras de supermercado, de alguns móveis e reformas na casa".

Em depoimento à policia, a menina disse que avó a obrigava a tomar comprimidos para não engravidar. Ela contou, com detalhes, os encontros que teve com o homem, sempre na casa da avó e com a presença dela. Disse ainda que ganhava dinheiro do abusador.

A situação da adolescente é acompanhada pela polícia há quase três anos. De acordo com o delegado, o primeiro contato com a família começou por uma disputa de guarda entre a avó e um tio.

"Eu encontrei os dois brigando, aqui na frente da delegacia, pela guarda da menina. Naquela ocasião, ficou decidido que era melhor para ela ficar com o tio, mas para meu espanto a guarda foi devolvida dois meses depois, o que não é comum. Depois eu descobri que a avó infernizava o tio e pedia que a menina fosse morar com ela".

Segundo o delegado, com a desistência do tio, a guarda da adolescente foi dada a um pai social. "A avó fez uma denúncia de estupro contra o pai social. Na investigação, descobriu-se que não houve abuso. Então, a gente se preocupou com essa avó. Não que ela estivesse cometendo algum crime sexual, mas em relação à saúde psicológica dela".

Depois disso, a menina passou a morar num abrigo. Na instituição, longe dos cuidados da idosa, a polícia interceptou bilhetes que eram entregues pela própria avó, depois por outras pessoas e até em encontros clandestinos na escola da adolescente.

"Temos todos os bilhetes anexados ao inquérito. Eles vinham com um recado: 'leia e destrua'. Mesmo assim, conseguimos ter acesso a eles. Ela fazia chantagem emocional clara, falava do abusador e dava a entender que tinha um plano de fuga para levar ela para Santa Catarina. Foi aí que decidimos prender os dois."

O abusador, um homem de 60 anos, foi preso no início de dezembro.

"É muito difícil conversar com a menina. Ela se refere a ele como 'meu namorado'. Acha que teve um relacionamento com ele".

A avó, antes de ser presa na manhã desta quarta, ainda tentou produzir novas denúncias contra o homem e fingia estar preocupada em proteger a neta, como conta o delegado.

"Nós gravamos toda a prisão, por precaução. Ela sempre foi manipuladora e se dizia 'colaboradora da polícia'. Antes de saber que seria presa, ela a chamava de 'minha netinha' e tentava nos convencer de que ela não sabia de nada. Quando dei voz de prisão, ela mudou e passou a chamar a menina de 'pilantra'. Ela justificou que havia sido dopada pelo abusador e que, quando acordou, ele estava na cama da neta".

A idosa foi indiciada por abuso de vulnerável e exploração sexual, com penas que podem passar 10 anos, segundo Queiroz.

"Vó é mãe com açúcar. Dificilmente uma avó faz maldade. Avós nos cuidam, nos protegem do mal. Se tem uma notícia boa nisso tudo, é que se nota uma melhora na atitude da menina desde que ela foi para o abrigo".

Segundo informações da polícia, a adolescente não conheceu o pai, e a mãe sofre de esquizofrenia.

Fonte: G1

Policial

15/02/2019

Ex-líder religioso é condenado a 17 anos de prisão por estupro de vulnerável em Rosário do Sul

Segundo denúncia do MP, homem teria abusado de seis meninas, todas menores de 14 anos. O réu recorreu no TJ contra a condenação. Ele nega as acusações.

Ele foi preso em outubro de 2017 pela Polícia Civil, quando tinha 53 anos.

De acordo ainda com a denúncia, ele se prevalecia do cargo que ocupava na igreja e utilizava sempre a mesma justificativa, de que a entrevista se tratava de uma "consulta médica" e que o ato era para ver se as meninas estavam mentindo. Ele ainda dizia que elas não podiam contar o que acontecia para ninguém.

O G1 entrou em contato com a igreja e aguarda retorno.

Relatos de abuso

Segundo o TJ, uma menina tinha 9 anos quando o acusado começou a praticar os abusos. Ele frequentava a casa dela na condição de "mestre familiar da igreja", oferecendo auxílio espiritual e material.

Conforme o MP, ele ficava sozinho com a criança em um quarto, com a desculpa de que ia examiná-la para constatar se ela estava nervosa. Ele passava as mãos nas pernas e partes íntimas da criança. O réu era amigo do avô da menina e ia com frequência na casa da família.

A menina disse que, mesmo não gostando, o acusado dizia que o ato era necessário. Ela relatou que o então líder religioso disse que ela não podia contar nada aos pais, senão ocorreria algo muito ruim com ela.

A mãe da criança declarou que só soube dos fatos depois que vieram à tona as denúncias envolvendo outras duas meninas. Ela contou que percebeu uma resistência da filha em ficar na igreja.

Outras duas meninas, irmãs, também passaram por uma situação semelhante. O acusado ficava sozinho dentro de uma sala com elas. A desculpa usada era de que precisa examinar e entrevistar cada uma.

Em uma das meninas, ele passou as mãos nas partes íntimas. Ela se assustou e deu um tapa na mão dele. A outra irmã, nas entrevistas que ocorriam quase semanalmente, também era submetida a esta situação, até que um dia, contou aos pais o que acontecia.

A mãe delas relatou os fatos para os dois integrantes da instituição e o caso foi levado ao conhecimento de responsáveis da igreja de outra cidade. Ela achou que ele seria expulso da congregação, mas isso não ocorreu. Diante disso, ela registrou o fato na polícia.

Outra menina contou que uma vez, ele perguntou se ela tinha namorado e ela disse que sim. Ele queria saber se ela já teria feito "alguma coisa" com ele, e ela disse que não. Nesse momento, o acusado levou a menina para uma sala, onde não podiam ser vistos, se ajoelhou e colocou a mão por dentro da saia dela. Ele disse que estava fazendo aquilo para ver se ela não estava mentindo.

A menina afirmou que os responsáveis da igreja não acreditaram nas denúncias feitas por ela e por outras meninas. Ela disse que tinha medo de denunciar e o acusado ir atrás dela. A menor só teve coragem de contar para a família depois que houve uma cerimônia de batismo na igreja, onde várias crianças e adolescentes estavam chorando e contaram o que vinham passando.

A ação judicial ainda traz os depoimentos de mais duas vítimas, narrando o mesmo procedimento. A mãe de uma das meninas disse que passou por situação semelhante com ele. Em um período em que estava deprimida, foi conversar com o líder religioso. Ao examinar seu corpo, ele passou a mão na barriga, pernas e órgãos sexuais. Ela narrou que acreditava que aquilo só teria ocorrido com ela, não com as meninas. E que os superiores na hierarquia da congregação pediram para perdoar o acusado, que teria se desculpado.


Condenação

O desembargador Aymoré Roque Pottes de Mello ainda relatou que a própria esposa do acusado afirmou que o homem costumava espiar sua filha, até que um dia, tentou agarrá-la a força. Quando a mulher ficou sabendo, registrou boletim de ocorrência na polícia. Ela acrescentou que não prosseguiu com a denúncia por medo. Segundo ela, o ex-líder religioso fez ameaças, dizendo "que poderiam colocá-lo na cadeia, mas, quando saísse, iria matar um por um".

O desembargador acrescentou que os relatos das meninas revelam de forma espontânea como eram os abusos sexuais praticados pelo homem.

"Como se vê, as vítimas sustentaram sempre uma única versão dos fatos, sem cair em contradição. E seus depoimentos, além de lineares e seguros, estão amparados pelas demais narrativas colhidas", afirma Mello.

O homem negou os fatos e afirmou que as pessoas tinham inveja dele, por ele ter sido um morador de rua que se tornou Presidente do Ramo – cargo máximo da igreja.

A ação corre em segredo de Justiça por se tratar de menores de idade.

Fonte: G1

Trânsito

15/02/2019

Acidente envolvendo cinco caminhões causa bloqueio na BR-116, em Novo Hamburgo

Trânsito ficou totalmente interrompido no km 234, no sentido Interior-Capital, no início da manhã. Pista foi liberada por volta das 8h. Três pessoas ficaram feridas.

Acidente envolveu cinco caminhões — Foto: Mateus Marques/RBS TV

Um acidente envolvendo cinco caminhões causou bloqueio na BR-116, em Novo Hamburgo, na Região Metropolitana de Porto Alegre, no início da manhã da última quinta-feira (14). Três homens ficaram feridos. Um deles está em estado mais grave. Os outros dois ficaram com lesões leves.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o primeiro caminhão estaria em pane mecânica e parou na pista. O segundo veículo teria conseguido frear antes de bater, mas, na sequência, vieram mais três caminhões e ocorreu o engavetamento.

O ajudante Vanderlei Kaifer conta que teve que tirar colegas das ferragens do caminhão. "Foi difícil. Uns 45 minutos para tirar ele. Ele estava nas ferragens, os dois estavam nas ferragens, com o joelho encostado contra o assento, não deu para tirar, só com alavanca. O motorista conseguiu se salvar porque se encolheu", afirma.

Caminhões ficaram destruídos — Foto: Mateus Marques/RBS TV

Três pessoas ficaram feridas no acidente — Foto: Mateus Marques/RBS TV

Fonte: G1

Policial

15/02/2019

Idosa é agredida com chave de roda pelo filho em Caxias do Sul

Ela ainda contou que foi agarrada pelo pescoço pelo agressor, que estaria alcoolizado

Uma idosa de 64 anos relatou à polícia que foi agredida com uma chave de roda pelo filho de 36 anos em Caxias do Sul. O golpe acertou a cabeça da mulher. O caso ocorreu no bairro Vila Amélia, por volta de 19h30min de quinta-feira (14).

Ela ainda contou que foi agarrada pelo pescoço pelo agressor, que estaria alcoolizado. Ele foi contido pelo genro da idosa e, após, foi preso pela Brigada Militar.

Fonte:

Política

15/02/2019

Governo fixa idade mínima de 65 anos para homens e 62 para mulheres

Proposta para reforma da Previdência será encaminhada ao Congresso na semana que vem, conforme secretário

Proposta de reforma do sistema previdenciário será encaminhada ao Congresso na próxima quarta ¦ Foto: Isac Nóbrega

O presidente Jair Bolsonaro e a equipe econômica do governo decidiram que a proposta de reforma da Previdência fixará uma idade mínima de 65 anos para aposentadoria de homens e 62 anos para mulheres, com um período de transição de 12 anos. A proposta de reforma do sistema previdenciário será encaminhada ao Congresso na próxima quarta-feira.

As informações são do secretário especial da Previdência, Rogério Marinho, ao final da reunião com o presidente, no Palácio da Alvorada. Foram cerca de duas horas de reunião, com a participação dos ministros da Economia, Paulo Guedes; da Casa Civil, Onyx Lorenzoni; e da Secretaria de Governo, Carlos Alberto dos Santos Cruz.

Marinho disse que a equipe econômica defendeu uma idade mínima de 65 anos para homens e para mulheres. Já o presidente discordava da idade mínima das mulheres: queria 60 anos. Além disso, o tempo de transição desejado pelos economistas era de dez anos, algo também negociado por Bolsonaro, que queria 20 anos de transição. No final, o consenso ficou em 12 anos.

Depois de assinar o texto da reforma, na próxima quarta-feira, Bolsonaro vai fazer um pronunciamento à nação para explicar a necessidade de mudar as regras para aposentadoria no país. “O presidente fará um pronunciamento à nação, explicando de que forma essa nova Previdência vai ser encaminhada ao Congresso para ser discutida. E esperamos que seja aprovada brevemente”, disse Marinho.

O governo calcula que a reforma vai permitir uma economia de R$ 1 trilhão nos próximos dez anos. Por se tratar de uma proposta de emenda constitucional (PEC), a reforma da Previdência precisa ser votada em dois turnos na Câmara e depois no Senado, com apoio de no mínimo dois terços dos deputados e dos senadores em cada votação.

Fonte: Correio do Povo

Chuvas

12/02/2019

Chuva derruba parte de estrutura de obra em Porto Alegre e causa transtornos no RS

Queda aconteceu na Avenida Júlio de Castilhos, ao lado da Igreja Universal, nas proximidades da Rodoviária. Em São Leopoldo, casas foram destelhadas e parede caiu em cima de carro. Ninguém se feriu.

Estrutura de um prédio na Avenida Júlio de Castilhos — Foto: EPTC


A chuva que atingiu parte do Rio Grande do Sul na noite desta segunda-feira (11) causou transtornos. Em Porto Alegre, uma estrutura de uma obra caiu, semáforos deixaram de funcionar e houve falta de energia elétrica, também registrada em outras cidades gaúchas.

A chuva teve início pouco antes das 19h na Capital. Cerca de duas horas mais tarde, nove semáforos não funcionavam e havia pelo menos oito pontos de alagamento no trânsito, segundo a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC).

Por volta das 20h, a queda de parte de uma estrutura metálica de uma obra bloqueou o trânsito na Avenida Júlio de Castilhos, no Centro, ainda conforme a EPTC. A queda fez um poste de luz tombar. O imóvel fica ao lado da Igreja Universal, nas proximidades da Rodoviária. A via foi liberada alguns minutos depois. Ninguém se feriu.

Na Região Metropolitana de Porto Alegre, São Leopoldo também registrou estragos, conforme a prefeitura da cidade. A Defesa Civil local atende a pelo menos 15 casas, que ficaram destelhadas. E uma parede de uma empresa caiu em cima de um carro. Ninguém ficou ferido.

Carro ficou destruído por muro de empresa, que desabou durante chuva em São Leopoldo — Foto: Defesa Civil de São Leopoldo

Parte do muro do estádio do Cristo Rei, também em São Leopoldo, desabou, sem deixar feridos, conforme o time Aymoré.

Segundo a Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), parte da cidade ficou sem energia. Mais de 40 mil clientes chegaram a ter o fornecimento interrompido, número que baixou para 18 mil na manhã desta terça. Os bairros mais atingidos foram Auxiliadora, Anchieta, Menino Deus, Bom Fim, Medianeira, Mont'Serrat, Cidade Baixa e Centro.

A RGE também teve danos na rede elétrica. Cerca de 158 mil clientes da concessionária estavam sem luz na manhã desta terça. As regiões mais prejudicadas são Canoas, Vale do Taquari, Central, Vale dos Sinos e Vale do Rio Pardo. A RGE esclarece que as equipes atuam na recomposição da rede.

Em caso de fios e cabos soltos, a distribuidora alerta para que os moradores não toquem e nem se aproximem, pois a fiação pode estar energizada.

Mais chuva na terça

Segundo a Somar Meteorologia, o tempo segue instável no Sul do país, devido ao avanço de uma frente fria que espalha chuva e temporal. A temperatura, que estava alta antes do início da chuva, começa a cair gradativamente.

A tendência é de uma massa de ar seco e frio avançar sobre a região nos próximos dias.

Fonte: G1

Trânsito

12/02/2019

Idosa morre e cinco pessoas ficam feridas em acidente com ambulância do Samu em Garibaldi

Ambulância trafegava no sentido Boa Vista do Sul-Garibaldi e o carro cruzava a rodovia quando houve a colisão. Após o acidente, veículo do Samu perdeu o controle e bateu contra um poste.

Acidente envolvendo carro e ambulância do Samu, em Garibaldi. — Foto: Comando Rodoviário da Brigada Militar

Uma idosa de 82 anos morreu e cinco pessoas ficaram feridas em um acidente envolvendo um carro e uma ambulância do Samu, na noite de domingo (10), no trevo de acesso da RSC-453, em Garibaldi. De acordo com o Comando Rodoviário da Brigada Militar, a ambulância trafegava no sentido Boa Vista do Sul-Garibaldi e o veiculo cruzava a rodovia quando houve a colisão.

Após o acidente, a ambulância perdeu o controle e bateu contra um poste. Bombeiros e socorristas da região foram mobilizados para socorrer as vítimas.

A idosa que morreu era transportada no momento da colisão. O motorista, um socorrista e um acompanhante ficaram feridos, um deles em estado grave.

Segundo a BM, no carro estavam cinco pessoas, e duas delas ficaram feridas.

Os feridos foram encaminhados para hospitais em Garibaldi.

Fonte: G1

Aplicativos


 Locutor Ao vivo


Adilena Jacoby

Super Tarde

Peça Sua Música

Name:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

01.

Humberto e Ronaldo feat. Jerry Smith

Não Fala Não Pra Mim

02.

Gusttavo Lima

Zé da Recaída

03.

Henrique e Juliano

QUEM PEGOU, PEGOU

04.

Eduardo Costa

Olha Ela Aí

05.

Zé Neto e Cristiano

NOTIFICAÇÃO PREFERIDA

Anunciantes